Coopercarga é eleita 2ª Melhor e 6ª Maior do Transporte no Brasil

01/12/2017 17:47:25 Por: Atanes Zago

Share

     A Coopercarga recebeu um reconhecimento histórico no dia 28 de novembro, em São Paulo: conquistou, na premiação das Maiores do Transporte & Melhores do Transporte, organizada pela editora OTM, o 2ª lugar como Melhor e o 6ª lugar como Maior do Transporte e Logística no país.

     O evento de premiação aconteceu no Hotel Transamérica Nações Unidas, em São Paulo (SP), e representaram a cooperativa na ocasião o presidente, Osni Roman, e o diretor de operações, Marcio França Ribeiro.

     “Essas são as melhores posições que a Coopercarga já conquistou nesse ranking desde que participa desta premiação. E isso, além de nos deixar imensamente felizes e orgulhosos da cooperativa que construímos nesses quase 28 anos de trabalho, mostra a capacidade de adaptação do setor, como um todo, frente às dificuldades de nosso país, bem como que estamos com nossas estratégias afinadas para nos mantermos competitivos e continuarmos sendo cada vez melhores naquilo que fazem.”, destacou Osni Roman, presidente da Coopercarga.

     Osni ressaltou ainda a representatividade da equipe da cooperativa nessa premiação. “O apoio de nossos cooperados e colaboradores é fundamental para todas as nossas conquistas. Nesta, em especial, não podemos deixar de agradecê-los por fazerem parte da nossa história e por estarem tão engajados com os objetivos da cooperativa”, ressaltou Roman.

 

Sobre a Premiação

     Em sua 30ª edição, a revista destaca os bons resultados e a eficiência das empresas que atuam com transporte e logística no Brasil. Para que as maiores e melhores fossem conhecidas, os balanços anuais das participantes foram avaliados e posicionados através de rankings em todos os modais de transporte do setor - rodoviário, ferroviário, aéreo, marítimo e fluvial. As maiores foram definidas com base na Receita Operacional Líquida (ROL), que indica a participação de mercado que cada uma tem no setor em que opera. Já as melhores foram conhecidas após avaliação detalhada dos seguintes critérios: ROL, Patrimônio Líquido, Lucro Líquido, Lucro Operacional, Liquidez Corrente, Endividamento Geral, Rentabilidade da Receita, Rentabilidade do Patrimônio Líquido, Produtividade do Capital e Crescimento da Receita.